Conecte-se com a gente

Marketing

Como definir uma estratégia de comarketing para aumentar seus leads?

Já pensou trabalhar pela metade e, ainda assim, duplicar os leads da sua campanha de marketing digital? Veja como isso é possível como o comarketing!

Já falamos aqui no blog sobre diversas estratégias de marketing para aumentar suas vendas. Acontece que, dependendo do seu objetivo, táticas diferentes devem ser empregadas. Se você está precisando aumentar sua base de leads, por exemplo, desenvolver uma estratégia de comarketing pode fazer isso e muito mais pelo seu negócio.

No post de hoje, você vai entender o que é o comarketing, por que tem dado tão certo e conhecer as principais razões para investir nele. Por último, trazemos um passo a passo para você elaborar essa estratégia adaptada ao marketing digital. Acompanhe!

Comarketing: o que é e por que ficou tão popular

O comarketing é um formato de parceria bastante tradicional entre empresas de segmentos diferentes, mas que possuem públicos-alvo em comum. Ao unir esforços, o objetivo é dividir tarefas e implementar um projeto cujos resultados sejam vantajosos para ambos os lados. No marketing digital, essa estratégia costuma ser aplicada em campanhas de conteúdo.

O comarketing se tornou popular tanto no marketing tradicional quanto no digital sobretudo porque, ao longo do tempo, as empresas começaram a perceber que não fazia sentido manterem-se reclusas. Em mercados altamente competitivos, um dos segredos da sobrevivência é estabelecer parcerias pontuais e duradouras.

Motivos para seu negócio investir em comarketing

Como mencionamos no início, o aumento de leads não é o único motivo para seu negócio investir em uma estratégia de comarketing. Antes mesmo de cumprir este objetivo, existem outras vantagens que você e seu parceiro podem aproveitar. Confira!

Aumento do alcance de marca e audiência

No comarketing, as empresas compartilharão seu market share, permitindo que ambas desenvolvam um alcance de marca qualificado. Além disso, ainda que as empresas envolvidas na parceria compartilhem de uma mesma persona, sua audiência não é a mesma. Logo, você poderá atingir os leads do seu parceiro e vice-versa.

Divisão de tarefas e compartilhamento de resultados

Imagine diminuir seus esforços pela metade e duplicar seus resultados.

Pense bem: você conseguiria fazer isso sozinho? No comarketing, isso é totalmente possível. Ao dividir as tarefas, você trabalha na redução de custos operacionais e ainda pode ter acesso aos resultados do parceiro ao final do projeto — sem falar nos seus próprios resultados!

Crescimento da credibilidade e autoridade no mercado

Não é à toa que o provérbio “diga-me com quem andas e te direi quem és” é tão conhecido. Associar a sua marca a um parceiro de referência no mercado demonstra a credibilidade do seu negócio. Por produzirem conteúdo em conjunto, vocês transmitirão a autoridade em determinado assunto — reforçando, até mesmo, o posicionamento da sua marca.

Passo a passo para montar uma estratégia de comarketing

Uma boa estratégia de comarketing pode acontecer de forma espontânea — quando as empresas negociam a possibilidade — ou por necessidade. Em uma situação ou outra, considere este passo a passo simples para investir na sua parceria.

Procure um parceiro à altura do seu negócio

Como citamos anteriormente, para que a estratégia traga resultados, ambas as empresas devem compartilhar um mesmo público. Porém, para que a parceria dê ainda mais certo, faça contato com empresas que estejam minimamente equilibradas com a sua.

Sugerimos dois critérios para decidir se o seu parceiro tem potencial para uma empreitada de comarketing. O primeiro, mais subjetivo, e a reputação da empresa no mercado. Já o segundo, mais objetivo, é o tamanho da sua base de leads.

Planeje o processo e divida as tarefas

Em primeiro lugar, vocês devem trabalhar em um planejamento que estabeleça claramente as regras tanto de divisão de tarefas durante o processo quanto de compartilhamento de leads. Se for preciso, faça um Canvas para isso, definindo os papéis de cada um.

Para que o esforço na captação de leads seja justo e equilibrado, é interessante definir um cronograma detalhado que indique a distribuição do conteúdo. Assim, não fica parecendo que um se esforçou mais do que o outro durante a campanha.

Estabeleça uma relação mútua de ganhos

O prefixo co vem do latim e significa “elemento com o sentido de companhia, concomitância, simultaneidade”, segundo o Dicionário Priberam. Por que estamos falando de gramática? Simples: no comarketing, as vantagens têm que ser iguais para os dois lados.

Faça o possível para estabelecer uma relação de ganha-ganha.

Assim, as tarefas serão divididas igualmente, as marcas serão expostas de forma equilibrada e, consequentemente, os resultados serão justos, por mais diferentes que acabem sendo.

Assim, as tarefas serão divididas igualmente, as marcas serão expostas de forma equilibrada e, consequentemente, os resultados serão justos, por mais diferentes que acabem sendo.

Produza a campanha em conjunto

Digamos que você é uma empresa de software de gestão financeira para pequenos negócios e que seu parceiro é uma instituição que fomenta o empreendedorismo. Ao firmarem parceria, vocês podem produzir um e-book sobre gestão de custos, por exemplo.

Percebe como a proposta de cada negócio tem um foco diferente, mas a persona é a mesma? Pois é! Ao produzir uma campanha conjunta, cada marca deve explorar seu potencial para chamar a atenção dos leads para a importância do seu conteúdo.

Compartilhe os leads com seu parceiro

Passadas as fases de planejamento, execução e distribuição do conteúdo, é hora de você e seu parceiro compartilharem os leads provenientes da campanha. Neste momento, vocês precisam ser o mais transparente possível para não lesar a outra parte.

Ao receber os leads, a estratégia de comarketing ainda não chegou ao fim. Agora, você e seu parceiro devem combinar minimamente como usarão essa base para evitar que os leads sejam abordados ao mesmo tempo ou com propostas semelhantes.

Se você quer desenvolver uma estratégia de comarketing, mas não sabe por onde começar, conte com o Clint Hub. Receba indicações gratuitas de agências que se encaixam com o perfil e necessidade do seu negócio. Solicite recomendações agora mesmo!

Assine nossa newsletter semanal

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aumente a geração de leads com o funil de vendas em Y Aumente a geração de leads com o funil de vendas em Y

Aumente a geração de leads com o funil de vendas em Y

Ferramentas digitais

O que é e como construir um brand loyalty de sucesso em 7 passos O que é e como construir um brand loyalty de sucesso em 7 passos

O que é e como construir um brand loyalty de sucesso em 7 passos

Marketing

Otimização de conteúdo: 8 hacks para subir de posição no Google Otimização de conteúdo: 8 hacks para subir de posição no Google

Otimização de conteúdo: 8 hacks para subir de posição no Google

Marketing

Como fazer um webinar: da ideia à execução em 4 etapas Como fazer um webinar: da ideia à execução em 4 etapas

Como fazer um webinar: da ideia à execução em 4 etapas

Ferramentas digitais

Anúncio
Conectar
Assine nossa newsletter semanal