Conecte-se com a gente

Experiência do Cliente

Seu negócio está preparado para atender o consumidor 4.0?

Seu negócio está preparado para atender o consumidor 4.0?

Adaptar-se às necessidades do consumidor 4.0 deve ser o mais novo objetivo do seu negócio. Conheça as características dele e veja como conquistá-lo!

O conceito de consumidor 4.0 não é relativamente recente se considerarmos a atual velocidade das mudanças. Ele apareceu pela primeira vez no livro Marketing 4.0: do tradicional ao digital, publicado em 2010 por Philip Kotler.

Nele, o guru do marketing fala sobre o perfil do consumidor cada vez mais empoderado pelo digital e uma nova realidade que exige a adoção definitiva das novas tecnologias.

Quer saber como atingi-lo em cheio? Trouxemos insights para a sua estratégia!

Afinal de contas, quem é o consumidor 4.0

A maior característica do consumidor 4.0 é o seu poder de escolha diante de um universo vasto e conectado. Com um celular na mão e total liberdade, ele pode se tornar um defensor, uma autoridade e até mesmo um microinfluenciador da sua marca.

Mas e aí, de onde ele surgiu? Em seu livro anterior, Marketing 3.0, Kotler explicava as diversas transições do marketing ao longo da história. Abaixo, você acompanha um resumão que mostra a evolução do marketing 1.0 ao marketing 4.0.


Marketing

1.0

2.0

3.0

4.0

Foco

Produto

Consumidor

Ser humano

Informação

Objetivo

Vender

Satisfazer e reter

Refletir os valores

Engajar

Quais são as principais exigências dele

Apesar das transformações, não quer dizer que os conceitos anteriores ficaram para trás. Em cada transição, o novo cliente quer manter aquilo que já conquistou e assumir novas características. Conheça as expectativas do consumidor 4.0!

O consumidor 4.0 procura eficiência

Por ser ansioso e fazer muitas coisas ao mesmo tempo, ele espera que o mundo o acompanhe. Se ele está no Instagram e você o convenceu a ir do feed para o seu site, é fundamental que isso não leve mais que 2 segundos. Senão, ele desiste.

Dica: teste a velocidade do seu site com esta ferramenta do Google!

Se num sábado à noite ele precisar resolver um problema com o seu produto ou serviço, não vai dar pra esperar até segunda-feira: ele quer ser atendido em tempo real. A não ser que você tenha atendentes disponíveis 24/7, forneça conteúdo em vídeo.

O consumidor 4.0 está em todo lugar

Para ele, não existe mais diferença entre mundo físico e mundo virtual. Tudo deve estar naturalmente interligado. O que ainda acontece é que a eficiência de fazer uma compra pelo e-commerce ainda não corresponde à das lojas físicas.

Aliás, logo depois que surgiu o conceito de consumidor 4.0, em 2011, o Google lançou um estudo sobre o Momento Zero da Verdade (ZMOT). Antes de entrar em contato com o produto no ponto de venda, o consumidor pesquisa opiniões e lê reviews online.

O consumidor 4.0 busca autenticidade

O cachorro morto a pauladas em uma das unidades do supermercado Carrefour é um exemplo do quanto o consumidor exige honestidade e responsabilidade. A pressão foi tanta que, dias após o ocorrido, a rede se rendeu aos protestos das redes sociais.

O caso reforça o perfil de um consumidor que, inspirado nos valores humanos e munido de ferramentas, pode se tornar o porta-voz de uma causa, defendendo e influenciando outros desses consumidores. Apagar comentários, portanto, é ainda pior.

O consumidor 4.0 valoriza experiências

Em meio à crise de imagem (e talvez na tentativa de mudar o foco), o Carrefour anunciou os testes do Scan & Go. Com a nova tecnologia de experiência de compras, é possível fazer o pagamento via aplicativo sem passar pelo caixa.

O áudio está em polonês, mas o vídeo é autoexplicativo! (:

Para atender às necessidades de um consumidor ávido por experiências, o desafio das marcas é usar tecnologias como Inteligência Artificial, Big Data e Internet das Coisas para promover momentos positivos e gerar sensações agradáveis.

O consumidor 4.0 quer se sentir especial

Outro conceito que definitivamente morreu é o de público-alvo. Até mesmo a noção de buyer persona está ameaçada por um consumidor que quer mais do que ser chamado pelo nome. Isso significa o fim da automação de marketing? Não exatamente.

Agora, o inbound marketing ganha ainda mais força, já que, em vez incomodar, sua marca precisa atrair. Como fazer isso? Fazendo-o se sentir especial e privilegiado através de um relacionamento genuíno e cheio de experiências (viu como tudo está ligado?).

4 dicas para conquistar o novo consumidor

Ousamos dizer que, mais do que atrair, os profissionais de marketing precisam convencer o consumidor 4.0 a ficar. O melhor de tudo é que, se for bem tratado e compreendido, ele está disposto a isso. Confira nossas dicas para melhorar o foco no cliente!

1. Tome decisões baseadas em dados, mas respeite-os

Não tem problema levantar informações sobre o consumidor 4.0, mas agora é preciso tomar cuidado redobrado com o tratamento de dados do usuário. Se você quer investir no data-driven marketing, nosso conselho é estudar direitinho a Lei Geral de Proteção de Dados. Até porque ele preza pela transparência.

2. Invista em plataformas responsivas, mas funcionais

Aqui, aquela ideia de convencer o usuário a ficar cai como uma luva. De que adianta seu site ser responsivo se a estrutura não é clara? Ou o blog se adaptar à tela do celular se o conteúdo não tem qualidade? Sempre que precisar implementar uma nova estratégia, priorize a experiência do usuário.

3. Integre os canais de atendimento, mas esteja disponível

Seguimos na mesma ideia. Se for pra manter um leque de opções de atendimento digital, elas precisam ser eficientes. Do contrário, você poderá perder a credibilidade logo de cara. Antes de investir em redes sociais, chatbots ou até mesmo suporte telefônico, avalie sua capacidade de atendimento.

4. Desenvolva soluções ultrassegmentadas — sem medo

Lembra do que falamos sobre o consumidor se sentir especial? A não ser que você tenha orçamento para se tornar uma indústria 4.0 e criar soluções personalizadas, considerar suas expectativas individuais é um bom começo. Comece segmentando os clientes de sua carteira e promovendo anúncios direcionados.Como você pôde notar, as demandas do consumidor 4.0 dependem de um mergulho profundo no ambiente digital. Se você ainda está se familiarizando com esse universo, baixe nosso infográfico que ensina como percorrer a transformação digital em 9 etapas!

Assine nossa newsletter semanal

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Otimização de conteúdo: 8 hacks para subir de posição no Google Otimização de conteúdo: 8 hacks para subir de posição no Google

Otimização de conteúdo: 8 hacks para subir de posição no Google

Marketing

4 estratégias simples para aplicar a psicologia em vendas digitais 4 estratégias simples para aplicar a psicologia em vendas digitais

4 estratégias simples para aplicar a psicologia em vendas digitais

Vendas

Como definir metas de vendas para a sua equipe comercial? Como definir metas de vendas para a sua equipe comercial?

Como definir metas de vendas para a sua equipe comercial?

Vendas

Planejamento estratégico: como as empresas modernas estão fazendo Planejamento estratégico: como as empresas modernas estão fazendo

Planejamento estratégico: como as empresas modernas estão fazendo

Gestão

Anúncio
Conectar
Assine nossa newsletter semanal