Conecte-se com a gente

Redes sociais

Facebook ads: tudo para uma campanha de alta performance

Facebook ads: tudo para uma campanha de alta performance

Neste conteúdo você aprenderá o que é o Facebook Ads, como ele funciona, todos os formatos de campanhas, como investir, como otimizar seus resultados, as melhores práticas, e as diferenças entre Facebook Ads e Instagram Ads. Vamos lá?

O que é o Facebook Ads?

Facebook Ads é uma ferramenta da rede social Facebook para anunciar seus produtos e serviços, onde com ela é possível criar também campanhas institucionais.

O tráfego orgânico é o gratuito. O tráfego pago é o criado através da ferramenta Facebook Ads.

Quanto mais você investe, mais você aparece, o cálculo é bem simples.

Se o seu anúncio, composto por conteúdo relevante, arte chamativa e segmentação de público for assertivo, as chances de sucesso serão muito maiores.

Para isso é necessário conhecimento e nunca parar de aprender.

Não adianta criar campanhas sem expertise, e sem ficar de olho nas mudanças dos algoritmos.

Como funciona o Facebook Ads?

Você pode utilizar a ferramenta Facebook Ads através de uma página comercial no Facebook.

Além de poder integrar o tráfego e outras métricas do seu site.

No Facebook Ads é possível segmentar especificamente seu público, pois, essa rede social é uma rica base de dados.

É possível segmentar seu público por idade, gênero, endereço, profissão, e uma das segmentações mais importantes: interesse. 

Você consegue criar anúncios de vídeo, imagens, gifs, carrosséis, entre outros formatos que falaremos a seguir.

Quais os fundamentos do Facebook Ads?

Como toda boa propaganda, você deve atrair, conquistar e reter o seu público alvo.

Não adianta querer usar a ferramenta Facebook Ads apenas com o intuito de vender algo. Você precisa ao menos ter sua buyer persona desenhada.

A jornada de compra da sua persona também deve fazer parte das suas estratégias.

Além de mensurar seus resultados, e fazer testes a fim de melhorá-los ser fundamental.

Entre outras boas práticas de formatos e configurações de campanha que você só saberá fazer estudando. 

Quais são os tipos de campanha do Facebook Ads?
  • Alcance
  • Tráfego
  • Captação de leads
  • Envolvimento
  • Engajamento
  • Curtidas
  • Mensagens
  • Conversões
  • Visualizações
  • Instalações de aplicativo
  • Participações em eventos
  • Vendas no catálogo
  • Reconhecimento de marca
  • Remarketing

Como você pode ver existem inúmeros tipos de campanha.Tudo irá depender dos seus objetivos por período.

Como comentamos anteriormente, também existem variados formatos, como:

  • Imagem
  • Vídeo
  • Carrossel
  • Gif
  • Coleção
  • Apresentação Multimídia 
  • Geração de cadastros

Para saber as especificações dos formatos, acesse nosso outro conteúdo:

Como anunciar no Facebook Ads? Conheça as principais especificações e recomendações

Qual é a estrutura básica de uma campanha no Facebook Ads?
  1. Ter sua buyer persona definida
  2. Ter noção sobre a etapa da sua jornada de compra
  3. Definir o objetivo da sua campanha e período
  4. Definir a segmentação do seu público-alvo 
  5. Criar um conteúdo relevante 
  6. Criar a arte com o intuito de atrair, escolhendo e testando o formato mais adequado
  7. Ter expertise quanto as CTAs (call to action ou chamadas para ação)
  8. Criar testes A/B
  9. Mensurar constantemente seus resultados na intenção de melhorá-los
  10. Nunca parar de aprender.

Quanto investir no Facebook Ads?

Primeiramente, saiba que uma campanha demora em média 10 dias em processo de aprendizagem na ferramenta Facebook Ads.

Então, a dica é começar com pouco investimento e não modificar a campanha até que o processo de aprendizagem se complete.

Após isso, analise os resultados e vá aumentando seu investimento gradativamente.

É importante acompanhar os resultados de suas campanhas diariamente, no intuito de obter o retorno desejado.

Se a campanha não estiver rodando como você gostaria. Faça novos testes. Experimente:

  • Renovar a arte
  • Testar novas cores e tipografia de acordo com seu manual de marca
  • Mudar textos nas imagens
  • Alterar o formato do criativo
  • Modificar o conteúdo das legendas
  • Otimizar o texto das CTAs
  • Testar novas cores nas CTAs
  • Analisar a segmentação de público.

Cabe a você julgar se o custo por lead está sendo apropriado. Isso difere muito, dependendo do nicho de mercado, produto ou serviço.

Exemplo: o custo por lead para quem vende camisetas e para quem vende apartamentos  é completamente diferente. Entende onde queremos chegar? 

Como pagar menos pelo resultado no Facebook Ads?
Como pagar menos pelo resultado no Facebook Ads?

Esse é um assunto bastante polêmico, iremos dar exemplos práticos para ficar o mais claro possível essa questão.

Como comentamos anteriormente, o custo por lead difere bastante dependendo do nicho, produto ou serviço.

Por exemplo: leads interessados em comprar camisetas e leads interessados em comprar apartamentos.

Geralmente, quanto mais segmentamos o público, mais caro fica o custo por lead. Porém, as taxas de conversão aumentam gradativamente.

Outro exemplo:

Você prefere ter 100 mil leads e 10 vendas 

ou

Ter 100 leads e 50 vendas?

Tudo irá depender do seu objetivo e do valor do seu produto ou serviço.

Lembre-se que quantidade de leads não necessariamente significa a qualidade deles.

É importante analisar se o retorno sobre o investimento está saindo como o planejado.

Quase sempre o custo por lead está ligado a segmentação da sua buyer persona.

Se você não sabe quem realmente tem interesse na sua marca, como segmentar seus anúncios, e como entender seu ROI (retorno sobre investimento), sentimos dizer, mas sua campanha está fadada ao fracasso.

É importante pôr em prática tudo que falamos até aqui sobre Facebook Ads, para criar campanhas de alta performance!

Como otimizar os resultados na ferramenta Facebook Ads?

Mensurando, analisando, testando, estudando e fazendo tudo novamente.

Os algoritmos da ferramenta Facebook Ads mudam constantemente, por isso é importante estudar e estar de olho nas melhores práticas.

Lembre-se que a segmentação da sua buyer persona é fundamental para otimizar seus resultados.

Como já falamos anteriormente: teste. Definitivamente não tenha medo de testar.

Com o passar do tempo, replique o que estiver dando mais certo.

Mude cores, formatos, conteúdos, o que for preciso. Sem esquecer que as campanhas ficam 10 dias em processo de aprendizado, e não é indicado fazer alterações dentro desse período, caso contrário, o processo reiniciará do zero.

Mensurar, analisar e propor melhorias também é parte fundamental para otimizar seus resultados na ferramenta Facebook Ads.

Tudo sobre o pixel de conversão da ferramenta Facebook Ads

Se você não está usando o pixel do Facebook Ads em suas campanhas, comece hoje mesmo!

O pixel é uma ferramenta que ajuda a rastrear as ações dos leads depois que clicam em seus anúncios, analisando a eficácia das campanhas.

Com esse rastreamento de ações você terá informações ricas sobre o seu público, e poderá planejar novas campanhas com base nesses comportamentos.

Exemplos:

Se você cria uma campanha institucional que leva para a home do seu site… Com o pixel do Facebook Ads é possível saber a porcentagem dos leads que clicaram na sua página Sobre ou na sua página Cases… No Blog ou nos Materiais Ricos…

Se você publica o anúncio de um produto que possui várias opções de cores… Com o pixel é possível saber a porcentagem dos leads que clicaram no produto azul e no produto amarelo.

Se o seu anúncio do Facebook Ads leva para uma página de planos/mensalidades… É possível saber quantos leads clicaram no plano A, B e C.

Se 100% dos seus leads curtiram o anúncio, mas apenas 50% deles acessaram o link.

Se 50% acessaram o link, mas apenas 10% preencheram o formulário.

E assim por diante… Os exemplos são muitos.

Resumindo: o pixel da ferramenta Facebook Ads serve para rastrear as ações das pessoas após o seu anúncio, e com isso otimizar suas próximas campanhas com base nessas informações.

Essa ferramenta do Facebook Ads pode ser usada para quem tem um site, hotsite, landing page ou blog, todos com o código da página editável.

Para saber o passo a passo dessa configuração acesse:

Pixel do Facebook para iniciantes: guia simples de configuração.

Instagram Ads VS Facebook Ads

A rica segmentação de público entre as duas ferramentas é praticamente a mesma, a diferença é que no Instagram Ads só é possível fazer campanhas mobile.

A análise de resultados também é bastante semelhante, o que difere são as análises para desktop, só disponíveis para Facebook e Stories. 

O Instagram é o favorito do público mais jovem entre 18 a 29 anos. Já o Facebook possui um público mais velho, porém ainda é a rede social com mais usuários.

Apesar do Facebook ter mais usuários que o Instagram, o engajamento costuma ser maior por parte dos mais jovens.

Entretanto, no Facebook o alcance é maior, então nessa rede é interessante fazer campanhas de reconhecimento de marca.

O Instagram também possui formatos criativos que o Facebook não tem, como os filtros dos Stories.

No Facebook, os vídeos são mais longos que no Instagram, ultrapassando 60 segundos.

Os valores de investimento de ambos variam de acordo com a segmentação da buyer persona, como já conversamos.

Por fim, esteja onde seu público está.

Melhores práticas de Facebook Ads

Faça o checklist:

  • Definição de persona
  • Objetivo de campanha
  • Período
  • Segmentação
  • Criativos
  • Conteúdo
  • CTAs
  • Mensurar
  • Analisar
  • Testar
  • Aprender
  • ROI (Retorno sobre o investimento).

Saiba que o Facebook disponibiliza a Central de Criativos para você se inspirar a melhorar suas práticas.

Conheça também o URL Builder para monitorar links e dados.

Bônus extra:

8 hacks de anúncios para aplicar em suas campanhas e melhorar a performance!

Curtiu? Compartilhe conhecimento!

Ficou com alguma dúvida? Deixe seu comentário!

Assine nossa newsletter semanal

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 Dicas para implantar o Customer Success na agência! 7 Dicas para implantar o Customer Success na agência!

7‌ ‌Dicas‌ ‌para‌ ‌implantar‌ ‌o‌ ‌Customer‌ ‌Success‌ ‌na‌ ‌agência!‌

Experiência do Cliente

Onboarding do cliente: como trabalhá-lo de forma eficaz na agência? Onboarding do cliente: como trabalhá-lo de forma eficaz na agência?

Onboarding do cliente: como trabalhá-lo de forma eficaz na agência?

Onboarding

Custo do funcionário: saiba como calcular o valor do seu colaborador Custo do funcionário: saiba como calcular o valor do seu colaborador

Custo do funcionário: saiba como calcular o valor do seu colaborador

Gestão

Como o Procedimento Operacional Padrão (POP) impacta no crescimento da agência? Como o Procedimento Operacional Padrão (POP) impacta no crescimento da agência?

Como o Procedimento Operacional Padrão (POP) impacta no crescimento da agência?

Agência digital

Anúncio
Conectar
Assine nossa newsletter semanal