Conecte-se com a gente

Marketing

Inteligência artificial: qual o seu impacto no marketing digital?

Inteligência artificial: qual o seu impacto no marketing digital?

A inteligência artificial não é o futuro: é coisa do presente. Saiba mais sobre o conceito e veja a sua aplicação nas estratégias de marketing digital!

De acordo com a 22ª Pesquisa Anual Global de CEOs da PricewaterhouseCoopers, as maiores taxas de adoção da inteligência artificial estão em regiões com processo avançado de transformação digital, como América do Norte, Europa Ocidental e Ásia-Pacífico. Já em todo o globo, as iniciativas de IA são decisivas para as operações de apenas 3% das organizações.

Inteligência artificial: qual o seu impacto no marketing digital?

Para falar sobre o assunto e entender como a inteligência artificial está impactando o marketing digital, André Bernert, CEO do Clint Hub, conversou com Leonardo Eloy, especialista em Inbound Sales da Contentools.

inteligência artificial, Inteligência artificial: qual o seu impacto no marketing digital?

Neste post, você descobre o que é inteligência artificial, quais são as suas aplicações e por que adotar essas tecnologias. Acompanhe!

O que é inteligência artificial?

De forma muito básica, a inteligência artificial (IA) é uma ferramenta, máquina ou dispositivo com capacidade de simular a inteligência humana.

Historicamente, a IA se divide em uma série de estudos científicos, mas os que ficaram mais famosos foram as pesquisas acerca da reprodução das nossas redes neurais.

Assim, não se trata apenas de executar tarefas. Antes disso, é preciso que um dispositivo inteligente pense tal como nós, seres humanos.

Além disso, uma das ramificações de estudo da inteligência artificial é o machine learning, cujo conceito costuma causar confusão.

Qual é a diferença entre IA e machine learning?

Também simplificadamente, o machine learning estuda a maneira como as máquinas desenvolvem a capacidade de aprendizagem de acordo com os dados que recebem. É como o adestramento de um robô a partir de algoritmos presentes até mesmo nos nossos celulares, como é o caso dos assistentes virtuais.

Portanto, os conceitos são complementares na medida em que o machine learning se apropria da inteligência artificial para assimilar informações e desenvolver um raciocínio lógico de acordo com o contexto que lhe é apresentado. É por isso que a análise de dados é fundamental para a evolução desse tipo de tecnologia.

Quais são as aplicações da inteligência artificial no marketing digital?

O processo acelerado de transformação digital pelo que o mundo inteiro vem passando nos últimos anos traz duas implicações importantes.

A primeira é que o conceito de público-alvo mudou com o novo comportamento de compra dos consumidores digitais diante de um produto ou serviço.

Já a segunda implicação vem da dificuldade de coletar, analisar e compreender os dados gerados por esse novo perfil de consumidor.

Por isso, no marketing digital, a IA impacta em três principais processos:

1. Análise de dados

Atualmente, as fontes de dados de usuários, bem como de toda a sua trajetória durante a jornada de compra, são inúmeras e volumosas. Ferramentas como o Google Analytics e diversas outras voltadas a estratégias de SEO, inbound e rede social usam a inteligência artificial para promover o tratamento completo desses dados.

O simples fato de filtrarmos os dados de tráfego das nossas campanhas de Facebook Ads tem implícito todo um processo de coleta, análise e interpretação de dados que seria impossível de realizar com precisão manualmente.

2. Alta personalização

Com os dados devidamente tratados, as soluções que a sua agência, ferramenta ou empresa oferecem podem ir ao encontro das dores e expectativas do consumidor. Aquele lance de promover campanhas de mídia offline para atrair o maior número de leads possível é coisa do passado. Agora, menos é mais.

Isso significa que quanto mais personalizada for a sua campanha de marketing online, maior será a possibilidade de conversão. Afinal de contas, o consumidor não só quer ser chamado pelo nome, mas quer ter as suas necessidades devidamente reconhecidas.

3. Segmentação automática

remarketing é um exemplo excelente do quanto a segmentação pode trazer resultados de conversão melhores. Mas atenção, não estamos falando aqui daquele retargeting que usa como gatilho apenas uma visita à página de produto. Falamos sobre toda e qualquer segmentação baseada em interesses e interações do lead.

Com um bom processo de mapeamento das características da sua persona e da sua jornada de compra, os mecanismos de inteligência artificial interpretam cada ação como um gatilho para a segmentação automática.

Por que adotar ferramentas de inteligência artificial?

Leonardo cita três motivos preponderantes para que qualquer tipo de negócio invista em ferramentas de inteligência artificial para melhorar seus processos de marketing digital: make money, save money e save time. Para você entender melhor, vamos considerar o processo de segmentação automática de que falamos acima:

  • Make money (ganhar dinheiro): ao aplicar a IA na segmentação, as suas campanhas só vão atingir um público com real potencial de compra.
  • Save money (poupar dinheiro): comerciais de TV custam caro e falam com qualquer pessoa. Então, por que desperdiçar investimentos dessa forma?
  • Save time (poupar tempo): não faz sentido esperar até que o cliente percorra toda a jornada de compra se você pode aproveitar as oportunidades agora mesmo.

Max: a assistente virtual de marketing da Contentools

Recentemente, a Contentools anunciou a criação da Max, uma assistente virtual que se conecta a ferramentas, analisa dados e fornece insights de marketing.

Ainda em fase de testes, essa inteligência artificial é capaz de identificar o melhor desempenho das ações digitais de acordo com públicos, regiões geográficas, horários, dias da semana, além de fazer análise de atribuição, táticas de otimização e muito mais.

No Fórum Digitalks de 2018, Tiago Otani, então gerente de marketing da Contentools, concedeu uma entrevista em que explica um pouco mais sobre a nova tecnologia. Veja!

A Max surge justamente para melhorar a tomada de decisão em uma importante etapa do processo do marketing de conteúdo: a análise. Conheça agora mesmo essa ferramenta da Contentools que promete melhorar o trabalho de muitos profissionais!

Assine nossa newsletter semanal

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Otimização de conteúdo: 8 hacks para subir de posição no Google Otimização de conteúdo: 8 hacks para subir de posição no Google

Otimização de conteúdo: 8 hacks para subir de posição no Google

Marketing

Como definir metas de vendas para a sua equipe comercial? Como definir metas de vendas para a sua equipe comercial?

Como definir metas de vendas para a sua equipe comercial?

Vendas

Planejamento estratégico: como as empresas modernas estão fazendo Planejamento estratégico: como as empresas modernas estão fazendo

Planejamento estratégico: como as empresas modernas estão fazendo

Gestão

Série Empreendedores Digitais: agência aceleradora de negócios Katsuki Série Empreendedores Digitais: agência aceleradora de negócios Katsuki

SÉRIE EMPREENDEDORES DIGITAIS: Katsuki Aceleradora de Negócios

Prestadores de serviços digitais

Anúncio
Conectar
Assine nossa newsletter semanal