Conecte-se com a gente

Marketing

O que é o modelo lean startup e como ele ajuda seu negócio?

O que é o modelo lean startup e como ele ajuda seu negócio?

Chega de estresse com plano de negócios! No modelo da startup enxuta, você constrói a melhor versão do seu produto ou serviço. Saiba mais sobre o lean startup!

Por muito tempo, a abertura de uma empresa costumava ser feita à base de riscos e apostas. A fórmula é muito comum: você monta um plano de negócios, capta recursos, estrutura uma equipe de trabalho, coloca seu produto no mercado e começa a vender. Até que, em algum momento, as coisas começam a dar errado.

Só no Brasil, uma em cada quatro empresas fecham as portas com menos de dois anos segundo o Sebrae. Um dos grandes gargalos para a sobrevivência desses negócios é a falta de planejamento. Mesmo aqueles que se planejam acabam usando informações pouco fundamentadas e orçamentos insustentáveis.

Para tornar esse processo menos arriscado, surgiu o método lean startup. Neste artigo, você descobre o que ele pode fazer pela sua empresa ou agência!

Hora de abandonar o plano de negócios tradicional

Criar um plano de negócios já está no inconsciente coletivo como o primeiro passo para abrir uma empresa. Nós mesmos já falamos aqui no blog sobre a importância dele não apenas para novos negócios, mas para aqueles que já estão em andamento.

Além de traçar uma previsão dos próximos cinco anos de atividades do empreendimento, o documento serve como um termômetro para o gestor antever as dificuldades envolvidas no negócio antes de levantar dinheiro e colocá-lo em prática.

Após angariar recursos, o plano passa por um longo período de incubação em que o produto ou serviço é normalmente desenvolvido de forma isolada. Somente depois de pronta, a solução é apresentada aos clientes para, então, receber feedbacks.

A essa altura, diversos investimentos já foram feitos na fabricação da oferta e no seu lançamento para o mercado. É assim que os empreendedores se dão conta de que os clientes não precisam ou não veem valorna maioria dos recursos do produto.

Décadas observando startups de tecnologia seguindo esse mesmo padrão levaram Steve Blank, professor das universidades de Stanford, Columbia e Califórnia, a três conclusões importantes para você repensar essa metodologia:

  1. Os planos de negócios raramente sobrevivem ao feedback dos clientes.
  2. As previsões para os primeiros cinco anos são fictícias e ilusórias.
  3. As startups não são versões menores de grandes empresas.

Essa última afirmação baseia-se no fato de que, em vez de se desdobrarem a partir do plano de negócios, as startups só se tornam bem-sucedidas quando interagem, se adaptam e aprimoram suas ideias à medida que aprendem com seus clientes.

Lean startup: entenda seus princípios fundamentais

Enquanto empresas comuns executam um modelo de negócios, as startups criam o seu próprio. Por isso, o lean startup é uma metodologia usada para projetar um negócio sustentável a partir da interação constante com os seus usuários.

O conceito é baseado no método lean, amplamente usado pela indústria muito antes do surgimento das startups. Sua premissa é elaborar uma ideia com um mínimo desperdício de tempo, recursos e dinheiro até chegar à melhor solução possível.

A adaptação do conceito de lean para o universo das startups foi feita por Eric Ries em seu livro A startup enxuta. Sua proposta é ajudar as empresas a minimizarem seus riscos através de processos que favorecem a experimentação e a melhoria contínua.

O que é o modelo lean startup e como ele ajuda seu negócio?

Em seguida, você conhece os três princípios do lean startup.

1. Business Model Canvas

Em vez de se envolverem em meses de planejamento e pesquisa, os gestores aceitam que tudo que têm em mãos no começo do projeto são apenas hipóteses. Logicamente, elas não foram criadas do nada, mas devem ser boas suposições sobre a ideia.

No lugar de um plano de negócios, eles sintetizam essas hipóteses usando o quadro do Business Model Canvas. Esse documento estrutura, em nove elementos, como a empresa pretende criar valor para si e para seus clientes.

O que é o modelo lean startup e como ele ajuda seu negócio?

2. Desenvolvimento de clientes

Para testar hipóteses, os empreendedores apostam no processo de desenvolvimento de clientes. Para isso, eles consultam personas, usuários, clientes da concorrência e potenciais parceiros para obter feedbacks sobre todos os elementos do Canvas.

Após receber insights sobre as funcionalidades, características, distribuição e preço da solução, chega-se ao Produto Mínimo Viável (MVP). O MVP é a versão mais simples do produto que apresenta os recursos mínimos sugeridos pelo cliente.

3. Desenvolvimento ágil

Uma das características do plano de negócios é o desenvolvimento em ciclos extensos. Geralmente, as empresas levam um ano para identificar problemas de produto e necessidades de clientes para implementar melhorias.

Já o desenvolvimento ágil combina-se com a etapa anterior para trabalhar na melhoria do MVP junto com o cliente. Esse formato reduz o desperdício de tempo e recursos, desenvolvendo o produto de maneira engajadora e eficiente.

Testando hipóteses com o ciclo build-measure-learn

A testagem de hipóteses, então, acaba virando rotina da empresa. Para transformar o MVP em um negócio sustentável, Ries sugere que os empreendedores sigam o ciclo contínuo build-measure-learn, que significa construir-mensurar-aprender.

O que é o modelo lean startup e como ele ajuda seu negócio?

Cada vez mais, esse ciclo se torna um processo intensivo de pesquisa que faz com que o produto nunca esteja pronto. Por isso, é essencial que as pessoas envolvidas estejam dispostas a receber e implementar feedbacks o tempo inteiro.

É exatamente por isso que o objetivo do build-measure-learn não é manter um eterno protótipo do produto ou mesmo construir um produto final. Sua função é maximizar o aprendizado por meio do desenvolvimento iterativo e incremental.

Se você se interessou pelo lean startup e quer saber mais sobre a metodologia, você pode adquirir o e-book na Amazon, ler as primeiras páginas da obra no Google Livros ou assistir a esta micro aula sobre a startup enxuta no YouTube.

Gostou do artigo? Inscreva-se aqui ao lado para receber nossa newsletter com conteúdos semanais para melhorar a gestão e os negócios da sua empresa!

Assine nossa newsletter semanal

1 comentário

1 comentário

  1. Fernando Baltazar

    1 de julho de 2019 at 21:01

    Gostei muito desse artigo.
    Tenho uma marcenaria a 20 anos e agora com essa recessão ela está mal das pernas.
    F. Baltazar
    [email protected]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aumente a geração de leads com o funil de vendas em Y Aumente a geração de leads com o funil de vendas em Y

Aumente a geração de leads com o funil de vendas em Y

Ferramentas digitais

O que é e como construir um brand loyalty de sucesso em 7 passos O que é e como construir um brand loyalty de sucesso em 7 passos

O que é e como construir um brand loyalty de sucesso em 7 passos

Marketing

Otimização de conteúdo: 8 hacks para subir de posição no Google Otimização de conteúdo: 8 hacks para subir de posição no Google

Otimização de conteúdo: 8 hacks para subir de posição no Google

Marketing

Conheça a Sower, agência de growth marketing que nasceu do Clint Hub Conheça a Sower, agência de growth marketing que nasceu do Clint Hub

Conheça a Sower, agência de growth marketing que nasceu do Clint Hub

Prestadores de serviços digitais

Anúncio
Conectar
Assine nossa newsletter semanal