Conecte-se com a gente

Marketing

5 sinais de que o Machine Learning já revolucionou o digital

5 sinais de que o Machine Learning já revolucionou o digital

Sabia que você já está aplicando o Machine Learning mesmo sem perceber? Veja o que o aprendizado de máquina está fazendo por suas estratégias digitais.

Se você frequenta o mesmo boteco há algum tempo, certamente entende o conceito de Machine Learning. Na primeira visita, é preciso indicar a cerveja preferida, certo? Mas quando o garçom é parceiro, na segunda vez ele já traz copo e garrafa.

É mais ou menos assim que a tecnologia trabalha o aprendizado de máquina. Simples, não é? No marketing digital, as ferramentas de Inteligência Artificial são capazes de descomplicar processos e otimizar resultados.

Neste post, mostramos que o Machine Learning está mais presente do que você imagina e trazemos insights para usá-lo na sua estratégia digital.

Machine Learning: quando a tecnologia sabe mais de você do que você mesmo

Traduzido do inglês como aprendizado de máquina, o Machine Learning é um conjunto de algoritmos de Inteligência Artificial que interpretam e aprendem com dados.

A premissa é reproduzir a capacidade de raciocínio do cérebro humano. Assim, um sistema pode aprender sem esforço e tomar decisões lógicas.

Achou muito absurdo ou confuso? O Atila, do canal Nerdologia, mostra como uma máquina é capaz de reconhecer padrões. Assista!

Voltando à analogia que fizemos no início, seria chato começar do zero o seu relacionamento com o garçom toda vez que você voltasse ao bar, não é mesmo?

É por isso que o Machine Learning tem uma ligação profunda com o marketing digital. Em seguida, você entende melhor por quê.

Marketing digital e aprendizado de máquina: seu novo relationship goal

Quer dizer que estamos entrando em um cenário de ficção científica em que a máquina substituirá o ser humano definitivamente? Não exatamente.

Em uma pesquisa da QuanticMind, 97% dos profissionais acreditam que o futuro do marketing digital está na relação direta entre soluções de automação e Machine Learning — ou você nunca fez amizade com o garçom ou o dono do bar?

5 sinais de que o Machine Learning já revolucionou o digital
Garçom, aqui nessa mesa de bar…

Acontece que, diante de uma realidade em que as máquinas já estão em constante aprendizado, essa é uma constatação é óbvia: o futuro já chegou.

Estamos vivendo uma realidade em que a Inteligência Artificial transforma dados em insights que orientam estratégias e melhoram resultados.

Sua estratégia digital já se baseia no Machine Learning (e você nem sabia disso)

Agora você vai acompanhar os 5 sinais de que a aprendizagem de máquina já vem sendo discutida e aplicada em diversas estratégias de marketing digital. Ah, se você ainda não usa alguma delas na sua empresa ou agência, é melhor correr!

1. Campanhas de mídia paga mais segmentadas

Quem faz remarketing já aplica o Machine Learning. É ele que permite criar anúncios segmentados e sistemas de recomendação baseados em interesses e interações. Ao conhecer a sua audiência com profundidade, é possível investir em estratégias de retenção e fidelização. Não é legal quando o garçom chama você pelo nome?

2. Conteúdo personalizado pela Inteligência Artificial

Uma das grandes vantagens da segmentação é a possibilidade de personalização. No digital, isso vai muito além de chamar o cliente pelo nome, mas é criar conteúdos com níveis de personalização que vão ao encontro das reais dores da persona. Para 59% dos consumidores, isso tem grande impacto em suas decisões de compra.

3. Chatbots melhoram a experiência do usuário

Gartner afirma que, até 2020, 25% das operações de atendimento ao cliente usarão assistentes virtuais. Mas como escalar a experiência do consumidor numa realidade em que ele escolhe o canal para falar com o seu negócio? A resposta está nos chatbots, softwares que são combinados com plataformas já existentes, como redes sociais.

4. Voice Search cresce nas tendências de busca

Para além do conteúdo, a tecnologia Voice Search está sendo incorporada ao mobile e tomando novos rumos de uso. O Pew Research Center mostra que quase metade dos adultos norte-americanos (46%) interagem por voz com seus smartphones e outros dispositivos, que estão se tornando assistentes virtuais.

5. Algoritmos cada vez mais criteriosos e eficientes

Uma palavra-chave é muito mais do que um simples termo. Em 2015, o Google anunciou que a sua lógica de busca passou a usar o Machine Learning com o lançamento do RankBrain. O algoritmo revolucionou as pesquisas ao interpretar o histórico para sugerir resultados mais relevantes com base no Deep Learning (que explicamos a seguir).

Diferenças entre Inteligência Artificial, Machine Learning e Deep Learning

Os termos são tantos e, ao mesmo tempo, tão parecidos que é normal não conseguirmos diferenciar seus significados e aplicações. Para ajudar você a entender as diferenças entre eles, vamos começar observando o esquema abaixo:

5 sinais de que o Machine Learning já revolucionou o digital

Se você olhar com cuidado, vai perceber que existe uma hierarquia de interdependência entre essas metodologias. Agora, conheça as características de cada uma delas:

  • Inteligência Artificial: são os sistemas e ferramentas inteligentes que apresentam capacidade de aprender e pensar de forma lógica como o ser humano.
  • Machine Learning: são os algoritmos parte de um sistema de AI e que demonstram habilidade de aprender sem precisar de programação contínua.
  • Deep Learning: é o subconjunto do Machine Learning, em que redes neurais artificiais aprendem a partir de grandes quantidades de dados.

É por isso que o RankBrain se encaixa na categoria de Deep Learning, já que as pesquisas são baseadas no comportamento dos usuários diante dos resultados.

Então, por que sua empresa ou agência deve prestar atenção a tudo isso?

Porque um bom garçom está genuinamente preocupado quando pergunta como vai a família e as crianças. É essa relação próxima e sincera que você precisa estabelecer com o seu público — e o Machine Learning será seu braço direito nessa empreitada.

Departamentos de marketing de empresas e agências digitais em todo o mundo estão implementando o aprendizado de máquina. Com ele, é possível aumentar a produtividade da equipe e compreender melhor as expectativas das suas personas.Se você não sabe por onde começar, comece pelo começo: coletando e organizando os dados do seu negócio. Quer ajuda com isso? Aproveite para aprender a aplicar o data-driven marketing na sua estratégia digital!

Assine nossa newsletter semanal

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aumente a geração de leads com o funil de vendas em Y Aumente a geração de leads com o funil de vendas em Y

Aumente a geração de leads com o funil de vendas em Y

Ferramentas digitais

O que é e como construir um brand loyalty de sucesso em 7 passos O que é e como construir um brand loyalty de sucesso em 7 passos

O que é e como construir um brand loyalty de sucesso em 7 passos

Marketing

Otimização de conteúdo: 8 hacks para subir de posição no Google Otimização de conteúdo: 8 hacks para subir de posição no Google

Otimização de conteúdo: 8 hacks para subir de posição no Google

Marketing

Conheça a Sower, agência de growth marketing que nasceu do Clint Hub Conheça a Sower, agência de growth marketing que nasceu do Clint Hub

Conheça a Sower, agência de growth marketing que nasceu do Clint Hub

Prestadores de serviços digitais

Anúncio
Conectar
Assine nossa newsletter semanal