Conecte-se com a gente

Vendas

Como usar o modelo AIDA para melhorar suas taxas de conversão

Como usar o modelo AIDA para melhorar suas taxas de conversão

Entenda o que é o modelo AIDA, um precursor do funil de vendas, e algumas dicas para adotá-lo em sua estratégia e aumentar as conversões.

modelo AIDA é o precursor do clássico funil de vendas. Surgiu em 1898, com ST. Elmo Lewis, mas se popularizou graças a E.K Strong, que citou o modelo em sua obra Teoria de Vendas. Para entendermos um pouco o contexto histórico, o mundo passava pela Segunda Revolução Industrial, o auge da produção e da concorrência com a evolução dos processos de criação.

Foi nessa época que Lewis começou a estudar os consumidores e o seu processo de compra, a partir disso, ele criou o modelo AIDA, tentando explicar a relação do cliente com a aquisição de um produto ou serviço.

Conheça o modelo AIDA, que possui em suas iniciais as etapas da estratégia:

A = Atenção;

I = Interesse;

D = Desejo;

A = Ação.

1) Atenção

Hoje somos atingidos, a todo momento, por diversas publicações, fotos e conteúdos. São diversas mídias, em muitos formatos, mas quais captam sua atenção e conquistam o seu interesse?

É sobre isso que fala a primeira etapa do processo e, consequentemente, aquela responsável por conquistar o cliente. Chamar a atenção dele, de alguma forma relevante, seja pelo design, pelo conteúdo ou pelo formato, é o que importa nessa fase.

Por isso, é fundamental conhecer seu público e produzir aquilo que interessa a ele, chamando sua atenção em relação ao produto e fazendo que veja o que sua empresa está oferecendo.

O Netflix é uma plataforma que sempre busca atrair a atenção do consumidor. Eles o fazem em forma de anúncios nas redes, trazendo boas imagens e conteúdos abordados de forma interessante sobre as séries e enviando notificações que chamam a atenção pelo conteúdo jovial e conquistador.

A dica é: não tente captar o seu consumidor pelo preço, porque você pode ser refém do menor preço por muito tempo, causando prejuízo a longo prazo.

De acordo com as novas estratégias de vendas, a melhor opção para conquistar o seu cliente é criando uma boa estratégia de vendas com foco no cliente.

2) Interesse

Bom, depois de captar a atenção, é preciso segurar o seu consumidor, fazer com que ele tenha interesse no seu produto e se mantenha envolvido com o seu marketingA melhor forma de resolver isso é oferecendo uma solução para o problema ou dor que ele possa ter.

Um bom exemplo é o Uber, que evidencia suas promoções através do mobile e faz o público utilizar seus serviços compartilhando código promocionais em outras redes sociais. Consequentemente, você utiliza o serviço graças ao benefício concedido e ainda divulga a empresa.

Comece divulgando seu produto ou serviço, descrevendo as características, diferenciais e como ele pode ser o que o consumidor precisa. Aqui, o conteúdo pode ser o diferencial, títulos e subtítulos atraentes, banners que consigam manter o cliente dentro da sua estratégia também são úteis.

3) Desejo

Esse passo deve ser um pouco maior e descritivo do modelo AIDA. Se você manteve o seu cliente até aqui, chegou a hora de mostrar mais ainda sobre o seu produto ou serviço e convencê-lo do potencial que sua empresa tem a oferecer para despertar o desejo.

Nesse estágio, o consumidor costuma ser mais criterioso, então, é o passo onde você deve divulgar e mostrar informações que trazem credibilidade para sua empresa, como indicadores de confiança, depoimentos de clientes satisfeitos, garantias e certificados de segurança.

O desejo é a fase de se destacar como empresa e com o seu produto. É a hora de convencer o cliente de que a sua solução é a que ele procura entre tantas outras.

O Ifood faz isso de forma primorosa, com promoções de acordo com o dia da semana, despertando o desejo do cliente. Tudo isso aliado a fome, que é aguçada pelas promoções, e facilitada pelo serviço de entrega da empresa.

4) Ação

A última etapa do modelo AIDA, aquela que representa a conclusão de sucesso da estratégia. Nesse estágio, você conseguiu a atenção dele, despertou o interesse, aguçou o desejo e agora é o momento de agir.

Para a área de vendas, pode representar a fase de compra do produto. No Marketing digital também temos essa parte, mas com uma ação em si, o que chamamos de CTA = Call To Action. Nesse ponto, levamos o cliente de uma forma mais direta a executar uma ação através de termos, como: baixe agora, inscreva-se, instale, ou compre.

Mas, para tomar essa atitude, o cliente precisa sentir segurança do que está adquirindo, ou seja, ofereça um período de testes para que ele se sinta confortável em adquirir seu produto. Ofereça benefícios, bônus, facilidades na hora de pagar, use de ferramentas para conquistar a sua venda.

O Spotify é uma plataforma que mantém o interesse do cliente oferecendo um período de plano Premium, ou seja, acesso ilimitado à plataforma e seus recursos. Isso é uma forma de mostrar o produto, ganhar o interesse e conquistar o cliente após o fim desse período.

AIDAS: a inovação do processo

O modelo AIDA foi criado há anos e, com o passar do tempo, foi percebida a necessidade de acrescentar mais uma letra, o S, representando a satisfação do cliente.

Esse último elemento fala sobre a retenção dos clientes, sobre o pós-venda. É uma etapa importante para gerar o crescimento da sua marca, manter seus clientes engajados e, se possível, firmar uma conexão que o levará a divulgar e lembrar da sua marca quando precisar de um serviço ou produto como o seu.

Como aplicar o modelo AIDA e gerar leads

Sabendo o que faz parte e como funciona o modelo AIDA, você deve estar se perguntando: como aplicá-lo na sua estratégia? Para começar, vale lembrar que é essencial um conjunto entre design e conteúdo para fazer que isso funcione.

A começar pela atenção, como atrair a atenção? Nesse ponto, o design é um fator importante, então, pense nas cores que vai usar, tamanho, posição, contraste e destaques no site. Todos esses fatores influenciam na hora de captar o cliente.

Além disso, o conteúdo é outro fator importantíssimo. É preciso construir as chamadas corretas nos títulos e subtítulos, oferecendo de forma assertiva o serviço ou produto,  falando de forma clara e direta para que o consumidor não tenha dúvidas. Seu interesse deve ser instigado e mantido ao longo do processo.

Faça uso de estratégias para converter seu público, como uso do patrocínio das redes para atingir sua persona de forma segmentada. Invista em landing pages atrativas e que possuam um formato de conversão acessível, fácil e prático para a captação do lead.

O modelo AIDA estimula que seus clientes se tornem grandes propagadores da sua marca, incentivando a fidelização graças a todo o processo de atração e conquista do mesmo. Saiba mais sobre o referral marketing, uma estratégia que pode ajudá-lo a conquistar mais leads com a propaganda de boca a boca.

Assine nossa newsletter semanal

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aumente a geração de leads com o funil de vendas em Y Aumente a geração de leads com o funil de vendas em Y

Aumente a geração de leads com o funil de vendas em Y

Ferramentas digitais

O que é e como construir um brand loyalty de sucesso em 7 passos O que é e como construir um brand loyalty de sucesso em 7 passos

O que é e como construir um brand loyalty de sucesso em 7 passos

Marketing

Otimização de conteúdo: 8 hacks para subir de posição no Google Otimização de conteúdo: 8 hacks para subir de posição no Google

Otimização de conteúdo: 8 hacks para subir de posição no Google

Marketing

Conheça a Sower, agência de growth marketing que nasceu do Clint Hub Conheça a Sower, agência de growth marketing que nasceu do Clint Hub

Conheça a Sower, agência de growth marketing que nasceu do Clint Hub

Prestadores de serviços digitais

Anúncio
Conectar
Assine nossa newsletter semanal