Conecte-se com a gente

Marketing

O que é benchmarking e como encontrar oportunidades no mercado digital

O que é benchmarking e como encontrar oportunidades no mercado digital

É possível que você já entenda de olhos fechados o que é benchmarking. Talvez o que você não saiba é modalidade digital dessa técnica. Confira!

Com o avanço das tecnologias de informação e comunicação, diversas técnicas tradicionais estão sendo adaptadas para o ambiente digital. É o caso, por exemplo, da netnografia, que estuda o comportamento do consumidor online. No artigo de hoje, você vai descobrir o que é benchmarking e como ele também tem criado oportunidades no mercado digital tanto para empresas quanto para agências. Vem espiar!

O que é benchmarking — e o que não é

Para responder o que é benchmarking, precisamos desmembrar o termo e definir o significado de seu radical: benchmark. A palavra vem do inglês e é traduzida como referência ou marca de referência. Com esse ponto de partida, é fácil entender por que o significado da expressão benchmarking é avaliação comparativa.

Trata-se de uma estratégia de estudar o mercado para identificar possibilidades de melhoria nas suas práticas internas. Isso vale para produtos, serviços, processos e modelos de gestão, por exemplo. A partir da coleta adequada de informações, é possível interpretar, analisar e mensurar dados de referência.

Nesse movimento de olhar ao redor, empresas e agências acabam cometendo dois erros bastante comuns. O primeiro é usar o benchmarking para copiar ideias dos seus concorrentes — uma prática que se tornou antiquada, por sinal. Já o segundo erro é aplicar a estratégia de maneira pontual — quando, na verdade, ela deve ser contínua.

Por que o benchmarking digital está crescendo

Nunca foi tão fácil olhar a grama do vizinho. A permissão de não apenas observar mas também pisar na grama (no bom sentido, claro) foi concedida pelo digital. Agora mais expostas e próximas de seus clientes, as marcas deixam muito mais claras suas intenções. Podemos até não ter acesso ao cerne da estratégia, mas temos um norte.

O que também contribuiu para o benchmarking digital é que não nos sentimos mais culpados ao nos comparar com nossos concorrentes. Diferente de antigamente, quando as organizações mantinham seus segredos guardados a sete chaves, agora elas fazem questão de expô-los como forma de se tornar referência em processos também.

Esse clima de fair play se instaurou mais recentemente quando as startups perceberam que a cooperação poderia ser uma forma de se destacar no mercado. Ao juntarem expertises, elas são capazes de se fortalecerem individual e coletivamente para oferecer experiências inovadoras aos seus clientes.

Como encontrar oportunidades no mercado digital

A exemplo das startups — que promovem esse movimento de forma muito natural —, você precisa criar coragem e sair da sua bolha. O benchmarking não deve necessariamente ser feito de forma anônima ou velada. Por isso, experimente ir além das visitas ao site e redes sociais de seus concorrentes: aproveite as oportunidades em outras plataformas!

Nesse caso, o networking será o seu maior aliado. Inclusive, ele fará um duplo papel: criar outros canais de contato com sua marca e, consequentemente, estabelecer uma relação com o mercado. É o caso de comunidades online como o Clint Hub, por exemplo, que reúne profissionais no digital para otimizar resultados no mundo real.

Afinal de contas, o que é benchmarking digital senão as possibilidades que esse ambiente traz de promover conexões, certo? No fim das contas, seu objetivo deve ser ir em busca de oportunidades para que sua empresa ou agência se destaque no mercado digital. Para isso, trouxemos algumas sugestões que farão você extrair o melhor desses encontros.

Se você tem uma empresa

De pequeno, grande ou médio porte. Com experiência de mercado ou uma história recente. Não importa. Em qualquer fase de maturidade, use o benchmarking digital a seu favor e:

Melhore sua inteligência de negócios

Esqueça a velha tática de visitar o ponto de venda e adquirir o produto do seu concorrente ou de dar uma de cliente oculto e avaliar seu serviço. No ambiente digital, você terá acesso a depoimentos de clientes reais que analisam as marcas espontaneamente. Redes sociais, fóruns e páginas de produto são um prato cheio para seu processo de BI.

Crie uma proposta de valor

A forma com que você se apresenta ao mercado precisa se materializar de alguma forma. Com uma proposta de valor objetiva, sua empresa otimizará desde processos internos à prospecção de clientes. Para criá-la, avalie como seu concorrente explora seu mercado-alvo, além dos benefícios funcionais e emocionais do seu produto/serviço.

Escolha sua agência digital

Se você é novo no online e sente falta de uma orientação especializada, talvez sua empresa precise de uma agência digital. Nos últimos tempos, elas estão se tornando cada vez mais especialistas nas diversas vertentes do marketing digital. Descubra quem atende aquele seu concorrente cuja campanha bombou e veja quem pode oferecer serviços semelhantes.

Se você tem uma agência

Digital ou não, sua agência pode aproveitar diversas oportunidades que o benchmarking online pode oferecer. Baseados em nossas próprias experiências, sugerimos que você:

Defina seu posicionamento de marca

Agências são especialistas em comunicar o posicionamento dos seus clientes, mas quando precisam definir o seu próprio, o desafio é ainda maior. Para que você seja único no mercado, faça uma análise da estratégia digital tanto das agências do seu segmento quanto de outras. O importante é trazer à tona a personalidade do seu negócio.

Construa o seu plano de marketing

Após definir seu posicionamento, você já pode desenvolver o plano de marketing da sua agência. Sinta-se à vontade — na medida do possível — para questionar seus concorrentes sobre como eles definem objetivos e público-alvo. Deixe claro que sua ideia não é copiar, mas identificar oportunidades de tomar um caminho alternativo.

Busque parcerias para co-marketing

Inspire-se na cultura de cooperação das startups, que mencionamos anteriormente, para procurar parceiros de negócio. Em vez de tentar desenvolver habilidades em um serviço que sua agência não oferece, estabeleça parcerias para que, juntos, vocês possam atender um mesmo cliente e garantir a conta. Assim, você também aumenta seu market share.

Bora arregaçar as mangas? O Clint Hub é a plataforma de transformação digital ideal para você criar oportunidades de negócio. Por lá, sua empresa pode receber, de forma totalmente gratuita, indicações de agências ou ferramentas digitais que mais se encaixam com seu perfil, dores e necessidades. Já sua agência tem à disposição um ambiente totalmente favorável ao networking e ao benchmarking. Conheça!

Assine nossa newsletter semanal

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mudança de escopo de trabalho da agência: saiba como agir! Mudança de escopo de trabalho da agência: saiba como agir!

Mudança de escopo de trabalho da agência: saiba como agir!

Agência digital

Onboarding do cliente: como trabalhá-lo de forma eficaz na agência? Onboarding do cliente: como trabalhá-lo de forma eficaz na agência?

Onboarding do cliente: como trabalhá-lo de forma eficaz na agência?

Onboarding

Como dar os primeiros passos no marketing sem maturidade digital? Como dar os primeiros passos no marketing sem maturidade digital?

Como dar os primeiros passos no marketing sem maturidade digital?

Marketing

Quais práticas seu negócio deve evitar no marketing digital? Quais práticas seu negócio deve evitar no marketing digital?

Quais práticas seu negócio deve evitar no marketing digital?

Marketing

Anúncio
Conectar
Assine nossa newsletter semanal