Conecte-se com a gente

Vendas

4 estratégias simples para aplicar a psicologia em vendas digitais

4 estratégias simples para aplicar a psicologia em vendas digitais

Na psicologia em vendas, segredos muitos simples podem ser decisivos para o aumento da receita. Conheça 4 deles para aplicar na sua estratégia digital!

Não seria maravilhoso que ajustes simples no seu processo comercial surtissem um efeito fantástico na sua receita? Não só seria incrível como pode ser possível!

Para dar um gás e facilitar a tomada de decisão do seu cliente, trouxemos 4 segredos da psicologia em vendas para aplicar no seu negócio. Acompanhe!

Antes, o que é a psicologia em vendas?

Não existe uma definição absoluta sobre o que é a psicologia em vendas, mas o termo é auto explicativo o suficiente para entendermos a relação entre as duas áreas.

De forma básica, a ideia é se apropriar das questões comportamentais da psicologia e aplicá-las aos processos comerciais, sempre focando na persona do cliente.

Como não é uma ciência exata, esses processos demandam experimentação constante, mesmo porque a persona é muito fragmentada de negócio para negócio.

Pensando nisso, listamos estas 4 estratégias da psicologia em vendas que podem ser aplicadas no seu negócio digital independentemente da audiência. Confira!

1. Quanto menos opções, melhor

A psicologia em vendas diz que se você oferece muitas opções, muitas vezes os clientes não escolhem nenhuma porque eles caem numa espécie de paralisia analítica.

Porém, é provável que você tenha dificuldade em reduzir as suas opções, não é? Por exemplo: se você vende 100 produtos, não pode simplesmente eliminá-los pela metade.

Então, como trabalhar com menos opções e manter seu catálogo de produtos e serviços? É aí que entra uma estratégia conhecida como chunking.

Nessa técnica de vendas, você sugere: “aqui estão 5 categorias de produtos/serviços”.

Só depois de escolher a categoria, o cliente escolherá o produto ou serviço.

Pense no supermercado. Lá você encontra todos os produtos separados por seções. Em cada uma, há milhares de produtos, mas o agrupamento facilita o acesso, certo?

O digital segue a mesma lógica. Se você tem um e-commerce, por exemplo, estude quais são as categorias principais e explore-as, focando sempre na conversão do funil.

2. As pessoas gostam de pagar por qualidade

A psicologia em vendas explica que nós não pagamos por produtos ou serviços: pagamos para resolver um problema da melhor forma possível. Mas ela vai além.

Quando estabelecemos uma relação de compra e venda, experimentamos uma sensação de realização, orgulho e propriedade. Se o produto ou serviço for realmente bom, nós tendemos a valorizá-lo mais e reclamar menos.

Quem não quer clientes satisfeitos e que não reclamam, não é mesmo? Todo mundo quer! Agora vamos aplicar essa premissa ao digital.

Se você vende uma ferramenta SaaS, serviços de comunicação ou uma consultoria em marketing digital, é provável que se preocupe com a concorrência, com o que eles vendem e o quanto cobram, certo?

Acontece que os negócios digitais se tratam de uma combinação entre resultado e conveniência. Se você entrega ambas essas necessidades, os clientes que realmente enxergarão valor vão pagar por isso, não importa o quanto você cobre.

Agora, se você precisa brigar por preço, significa que o seu produto ou serviço está no mesmo nível da concorrência. E as pessoas pagam com alegria por um produto ou serviço bem feito.

3. Perdas soam melhores do que ganhos

Há uma triste verdade sobre o comportamento do ser humano: nós temos a tendência de lutar mais para perder algo do que para ganhar. Na psicologia em venda, isso é conhecido como aversão à perda. No marketing, é o gatilho mental da escassez.

Um exemplo simples: é mais provável que você lute para não perder R$ 1 real do que para ganhá-lo. Do ponto de vista lógico, não faz sentido: um real é um real.

Mas quando se trata do ser humano, somos muito emocionais.

Logo, um real que é nosso é muito mais valioso do que um real que não é nosso.

Esse é um dos motivos pelos quais vendemos nosso carro por valores acima da média, já que costumamos supervalorizar aquilo que já temos.

No digital, entendemos que os clientes respondem melhor quando dizemos o que eles estão perdendo do que quando esclarecemos os benefícios que eles têm a ganhar.

Portanto, sempre que você anunciar o que está vendendo, diga às pessoas também o que elas poderão perder caso não optarem pelo seu produto ou serviço.

4. Cultive fãs, mas também inimigos

Você é do tipo isentão ou que se posiciona? E o seu negócio, costuma ficar em cima do muro ou botar o dedo na ferida? Cada vez mais, as marcas estão participando das conversas em sociedade e mostrando que, sim, é preciso tomar partido.

No digital, quando está usando a web para gerar leads e vendas, você tem um objetivo simples: fazer com que seus clientes se apaixonem pelo seu negócio, concorda?

Acontece que esse amor vem com um preço. Enquanto haverá pessoas que o amam, também haverá pessoas que odeiam o que você faz. Até a Apple tem inimigos.

Mudar a opinião das pessoas é quase impossível. Então, em vez de perder tempo com elas, vá atrás daquelas que realmente gostam da sua marca e concentre-se em fazê-las ainda mais felizes.

Na psicologia em vendas, se você nutrir seus melhores clientes, eles se transformarão em embaixadores da sua marca. Ou seja, recomendarão gratuitamente o seu negócio para outras pessoas.

Provavelmente, muito do que você viu se assemelha a outras técnicas, percebeu? A questão é que a psicologia em vendas é uma abordagem que assume as deixas do cliente para que você as use como oportunidades de aumentar a receita, mas sem jogo sujo. Afinal de contas, eles não tomarão uma decisão sem fundamentos.

Agora que você já conheceu nossos segredos de psicologia em vendas para aplicar às suas estratégias digitais, aproveite para conhecer 10 estratégias de pós-vendas que melhoram a retenção de clientes!

cta-clint-hub-horizontal

Assine nossa newsletter semanal

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vendas: tudo o que você precisa saber para vender mais e melhor

Vendas

Como o Waze™ conquistou o mundo

Marketing

Como se preparar para a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD)

Marketing

Como melhorar o atendimento ao cliente no ambiente digital

Marketing

Anúncio
Conectar
Assine nossa newsletter semanal