Conecte-se com a gente

Marketing

Já pensou em usar o remarketing para aumentar suas conversões?

Já pensou em usar o remarketing para aumentar suas conversões?

Se o usuário visitou o seu site e não comprou, o remarketing vai pegá-lo pela mão e convencê-lo a voltar. Conheça o potencial de conversão dessa estratégia!

Se você já abandonou um carrinho de compra em uma loja virtual, é muito provável que já esteve na mira do remarketing. Nem precisamos ir muito longe para isso.

Basta uma visita rápida em uma página de produto para o anúncio perseguir você por dias. Mas, e aí, será que essa estratégia de marketing digital tem efetividade?

A discussão sobre os limites de frequência a que um usuário é exposto sempre gera polêmica, mas trouxemos alguns insights interessantes sobre o seu poder de conversão.

Neste post, você vai entender o que o remarketing pode fazer pelos seus negócios, além de conhecer as principais opções de campanhas para começar sua empreitada. Bora?

O que você precisa saber sobre o remarketing

Não só de anúncios vive o remarketing. Por meio do registro de cookies, é possível identificar dados suficientes para disparar e-mails marketing, por exemplo.

A técnica parte do pressuposto de que se o usuário demonstrou interesse por um produto, ali existe um cliente em potencial — por isso, ele deve ser estimulado.

Enquanto o mercado discute a irritação e até mesmo fadiga de marca causadas pela abordagem invasiva, a norte-americana WordStream provou que ela é efetiva.

Após investir mais de US$ 500 mil só em remarketing em 2017, a agência concluiu que, na medida em que a exibição aumenta, as taxas de conversão também crescem.

Já pensou em usar o remarketing para aumentar suas conversões?

Por que o remarketing eleva as taxas de conversão

O remarketing não deve ser visto como vilão. Precisamos entender que o consumidor digital consome informação de forma muito rápida e em grande volume.

Em meio a essa velocidade, o remarketing pode servir como aquele post-it carinhoso que nos lembra de que há uma tarefa importante aguardando ser concluída.

Existem 3 grandes motivos que mostram por que reimpactar usuários com links patrocinados e anúncios de display pode gerar mais conversões:

1. O remarketing aumenta a exposição da sua marca

Em mercados de alta concorrência, o brand awareness pode fazer toda a diferença no momento em que seu potencial cliente decidir efetuar a compra. De acordo com o próprio Google, manter sua marca na lembrançado consumidor eleva as taxas de conversão.

2. O remarketing permite segmentar seus públicos-alvo

O usuário abandonou o carrinho? Faça um anúncio com 10% de desconto. Ele converteu? Sugira produtos relacionados por e-mail. No Google Analytics, você pode extrair dados sobre interesses ou dados demográficos para segmentar e personalizar campanhas.

Já pensou em usar o remarketing para aumentar suas conversões?

Após a compra, o cliente da Centauro recebe um e-mail com produtos relacionados.

3. O remarketing otimiza o retorno sobre o investimento

No Google, as campanhas de remarketing têm seu desempenho otimizado a partir de lances automáticos. Com isso, a plataforma calcula o melhor valor possível para cada lance em tempo real, melhorando o ROI. E o melhor: sem custo adicional.

Onde é possível fazer campanhas de remarketing

Percebeu que estamos citando o Google o tempo todo, certo? Não é por acaso. As redes de display e de pesquisa do maior buscador do mundo oferecem recursos fantásticos.

Porém, você também pode criar campanhas vencedoras nas redes sociais, como Facebook e Instagram. A seguir, acompanhe as características de cada opção:

Google Ads

No Google Ads, você recebe uma tag que coleta informações do usuário. Cada vez que ele acessa seu site, os cookies são armazenados, gerando dados estratégicos para criar anúncios na Rede de Display ou na Rede de Pesquisa.

Rede de Display

A Rede de Display é composta por milhões de afiliados com espaço publicitário em todo o mundo. Assim, esses outros sites parceiros exibem anúncios do seu site, recebendo um valor determinado por cada clique.

Rede de Pesquisa

Já a premissa do remarketing da Rede de Pesquisa é fazer com que seu anúncio apareça para o usuário nos resultados de pesquisa de produto, comparação de preços — ou em caso de itens relacionados, como vimos acima.

Redes sociais

As redes sociais também apresentam um potencial enorme de conversão. No Facebook e no Instagram, por exemplo, os anúncios de remarketing são veiculados no feed ou na barra lateral (no caso do Facebook).

Como escolher a plataforma de remarketing ideal

É claro que isso vai depender do modelo de negócios da sua empresa, da sua estratégia de mercado e do comportamento da sua audiência. Mesmo assim, de maneira geral, é aconselhável equilibrar os investimentos entre a Rede de Display do Google e os Anúncios dinâmicos (como é chamado o remarketing no Facebook).

O Google atinge 90% dos usuários em todo o mundo, gerando um trilhão de impressões em mais de 1 bilhão de usuários mensalmente. Já o Facebook mantém 2, 2 bilhões de usuários ativos na rede mensalmente — a grande maioria via dispositivo móvel.

E qual a diferença entre remarketing e retargeting

Na prática, o retargeting é a mesma coisa que o remarketing.

A diferença é que o Google nomenclatura usa o termo remarketing para identificar sua plataforma de retargeting. É por isso que você não encontra menções a remarketing no Facebook. Como são concorrentes, a rede social usa o termo Anúncios dinâmicos.

Segundo Neil Patel, o usuário entra 7 vezes em contato com sua marca para tomar uma decisão. No vídeo abaixo, ele fala um pouco mais sobre a regra dos 7 e oferece algumas dicas de remarketing para redirecionar visitantes de volta para o seu site.

Lembre-se de ativar as legendas automáticas!

Se você quer continuar otimizando as conversões de suas campanhas de mídia paga, aproveite para conhecer os 8 hacks de Facebook Ads que usamos aqui no Clint Hub!

Assine nossa newsletter semanal

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aumente a geração de leads com o funil de vendas em Y Aumente a geração de leads com o funil de vendas em Y

Aumente a geração de leads com o funil de vendas em Y

Ferramentas digitais

O que é e como construir um brand loyalty de sucesso em 7 passos O que é e como construir um brand loyalty de sucesso em 7 passos

O que é e como construir um brand loyalty de sucesso em 7 passos

Marketing

Otimização de conteúdo: 8 hacks para subir de posição no Google Otimização de conteúdo: 8 hacks para subir de posição no Google

Otimização de conteúdo: 8 hacks para subir de posição no Google

Marketing

Conheça a Sower, agência de growth marketing que nasceu do Clint Hub Conheça a Sower, agência de growth marketing que nasceu do Clint Hub

Conheça a Sower, agência de growth marketing que nasceu do Clint Hub

Prestadores de serviços digitais

Anúncio
Conectar
Assine nossa newsletter semanal